Dom Azcona responde à justificativa de que indígenas não compreendem o celibato

Dom José Luis Azcona. Foto: CNBB / Divulgação