Não reconhecer direito à vida do embrião é uma terrível arbitrariedade, adverte Bispo

Ultrassom. Crédito: Steve Flickr (CC-BY-NC-2.0)